Jeri, apaixonante! – Parte 1

Foconaviagem - Jeriocoacoara

Dunas de areia branquinha, praias de mar calmo, lagoas de água doce e tão transparente quanto o mar do Caribe e um pôr-do-sol de causar emoção… esses foram alguns dos motivos que fizeram com que Jericoacoara fosse eleita uma das dez melhores praias do mundo segundo o jornal norte-americano Washignton Post.

Jeri, como é chamada pelos locais, está localizado na costa Oeste do Ceará no município de Jijoca, à 330km de Fortaleza. A antiga vila de pescadores que cresceu em meio as dunas e conheceu a energia elétrica apenas em 1998, hoje é um Parque Nacional dentro de uma área de proteção ambiental e recebe visitantes do mundo todo.

Saindo de Fortaleza, pegando a CE-085, são cerca de 4 horas de viagem até Jijoca e mais 23km até Jeri seguindo pelas dunas. Há duas maneiras de passar pelas dunas maneira segura (sem atolar):

  •  De 4×4: Se seu carro for 4×4, no começo do trajeto de dunas ficam vários “guias” que cobram para te guiar até Jeri. Como eu não tenho 4×4 experimentei um esquema diferente. Me indicaram ligar para o Sr. Fulano (tel: ), ele tem uma garagem em Jijoca onde deixei o carro estacionado e segui confortavelmente no 4×4 dele até Jeri. Combinei a ida e volta, ele foi super pontual!
  •  De jardineira: A maioria dos passeios organizados pelas operadoras de turismo de Fortaleza utilizam a jardineira para fazer esse trajeto pelas dunas. Não é confortável, os bancos são duros e incomoda nos solavancos na areia, mas são apenas 40 minutos à 1 hora de desconforto.

Algumas pessoas destemidas enfrentam as dunas em carros sem tração nas 4 rodas. Não aconselho pois o probabilidade de atolar (várias vezes) durante o trajeto é real, além de comprometer a suspensão do carro.

Algumas coisas que você deve saber sobre Jericoacoaca antes de visita-lo:

  • Em Jeri não há calçadas ou asfalto, as ruas são todas de areia, então esqueça sandálias com salto! O calçado oficial em Jeri é chinelo ou nenhum!
  • Não há caixas eletrônicos (há somente do Banco do Brasil), então tire dinheiro antes de ir para lá. Tem um mercado na praça principal que deixa você passar um valor no cartão e ele te devolve em dinheiro mas cobrando uma porcentagem.
  • A maioria dos estabelecimentos aceitam cartões de crédito e de débito.
  • Não é possível entrar de carro ou alugar um, os carros ficam no estacionamento fora de Jeri. Todos os passeios são feitos com motoristas ou buggueiros credenciados.

>> Veja “Jeri, apaixonante! – Parte 2” e conheça as rotas de passeios por Jericoacoara.

Anúncios

3 pensamentos sobre “Jeri, apaixonante! – Parte 1

  1. Pingback: Jeri, apaixonante! – Parte 2 | foconaviagem

    • Oi Paula,
      realmente, muitos jegues por Jeri… Um dos buggueiros que me levou para fazer um passeio, me explicou que antigamente os jegues eram importantíssimos para a população de Jeri. Usavam como animais de carga, meio de transporte pelas dunas, para os passeios com os turistas, etc. Mas com o passar do tempo, a população acabou substituindo o jegue por buggues, motos, jardineiras e 4×4… e os animais acabaram ficando soltos por aí.
      Não só por Jeri, mas pelo Ceará inteiro! E por essa razão é até perigoso pegar estrada durante a noite, eles ficam vagando pelas estradas. Triste, porque estes animais ficam abandonados.
      Tem uma história (verídica) de um advogado do Rio de Janeiro, que quando visitou o Ceará, se comoveu com estes bichinhos soltos por aí e adotou dois jeguinhos levando-os consigo para o Rio. Batizou os animais com nomes de Batoré e Quitéria, que hoje vivem muito felizes em Friburgo, no sítio deste advogado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s